quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Placebo

Para começar o ano, vamos pelas indicações.

Placebo foi indicado pela Julia e pela Sam. Eu já tinha ouvido falar da banda antes porque, claro, eles não são desconhecidos, mas eu nunca tinha me interessado mais pra ouvir e tal. Lembro até de ter visto uma vez um clipe na televisão, mas nem lembro que música era, shame on me. Aí, no último dia do ano passado, chega a Puri e me manda The Never-Ending Why, uma música do álbum mais recente deles (Battle for the Sun, 2009), pelo MSN. Eu ouvi e viciei.

Daí eu baixei uns álbuns e fiquei ouvindo e ouvindo direto. Quem me conhece já há algum tempo sabe que quando eu fico ouvindo uma banda só por dias e dias é porque o negócio é bom mesmo. Pra mim, né.

Não sei se vocês concordam, mas Placebo tem um arzinho pop. É rock alternativo, glam, post punk revival ou seja lá mais que tag o last.fm queira colocar, mas talvez esse arzinho seja por causa da “voz jovem” do vocalista. Mas, não temam, é rock. Ah, eles são conhecidos também pelas letras meio deprimentes.

A banda, aliás, é formada por três integrantes, um de cada país: o guitarrista e vocalista Brian Molko é belga, o baixista Stefan Olsdal é sueco e o baterista (atual) Steve Forrest é americano. E, no entanto, a banda foi formada em Londres. Que coisa, hein.

Eles já abriram shows para David Bowie, que, aliás, participou da música Without You I’m Nothing do álbum de mesmo nome (de 1998).

Como já disse, eu gostei bastante. Até porque é um som fácil de gostar. Experimenta pra ver.

Onde encontrar: aqui (discografia completa, se joguem)

3 comentários:

Sam disse...

PLACEEEEBO *-* /ataque de fã histérica mode off

Because I Want You é a minha favorita. E faz tanto tempo que eu ouço essa banda que nem dá pra saber quando ou onde eu os conheci.

Pra ser bom assim, tinha que ser da terra da rainha ;)

aah, e a propósito: brian, vemnimim -parei

=**

Larissa disse...

Placebo é uma das bandas que eu acho com enorme qualidade e originalidade, mas que eu não ouço muito. Questão de estilo mesmo...

Mas adorei o post!
;*

e. disse...

conheci placebo eu tava na faculdade e meio que foi uma revolução na música, sabe. achava o molko o bobão-bacana por ser assim, meio "dont touch me".

de todos os discos dele, gosto mais do primeiro e do meds. qual deles você gostou mais?

 

Blog Template by YummyLolly.com